Festa Junina e seus nutrientes

O inverno chegou e junto com ele vieram as festas juninas. Para quem está de dieta, essa é uma época tentadora. Mas, e se ao invés de focarmos nas calorias, pensarmos nos nutrientes que os pratos típicos das festas possuem? A boa notícia é que os nutrientes são muitos, mas o consumo deve ser com moderação!

Alimentos com Milho
Rico em fibras, proteínas e sais minerais, tem a função de eliminar toxinas e manter a taxa de colesterol em nível adequado, pois reduz o colesterol ruim, LDL. Contém:

  • Vitamina B1: favorece o bom funcionamento do sistema nervoso, cardíaco e muscular.
  • Vitamina E: fortalece o sistema imunológico e previne o organismo contra radicais livres.

A pipoca, se preparada com pouco óleo e sem excesso de sal, é uma boa opção, pois promove saciedade e contém magnésio que, entre outras funções, tem efeito relaxante, ajudando a controlar os sintomas da TPM.

Bolo de milho, curau, pamonha e outros pratos feitos com açúcar, leite condensado ou leite de coco, devem ser consumidos com moderação, pois contém muitas calorias.

Amendoim
É um alimento muito nutritivo e além de proteínas, também contém:

  • Vitamina B1: garante boa memória;
  • Vitamina C: importante na defesa contra infecções;
  • Vitamina E: previne o envelhecimento precoce.

Pinhão
São sementes sazonais, ricas em proteínas, minerais e vitaminas, além de serem ótimas fontes de ácidos graxos essências.

  • Contém magnésio: importante para a atividade dos músculos;
  • Potássio: mineral essencial para controlar os batimentos cardíacos e manter o equilíbrio de água no corpo;
  • Zinco: importante para a imunidade, formação óssea e cicatrização.

Vinho quente
Seu principal ingrediente é a uva, rica em flavonóides que auxiliam na prevenção de doenças cardíacas.

É possível experimentar a maioria dos pratos, mas lembre-se: COM MODERAÇÃO!

 

 

 

Adaptado de Natural da Terra